quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: A COMPLEXIDADE DO SOBREPESO, OBESIDADE, OBESIDADE VISCERAL, INTRA - ABDOMINAL, CENTRAL, AO SER AVALIADA POR EQUIPAMENTOS DE RESSONÂNCIA NUCLEAR MAGNÉTICA (MRI), OBSERVOU-SE DEPENDÊNCIA ALIMENTAR, POR SUBSTANCIAS QUE OS PARTICIPANTES DE ESTUDOS SENTIAM COMO PRAZER COMPENSATÓRIO LEVANDO A DEPENDÊNCIA COMUM DE AÇÕES ORGÂNICAS DETECTAVEIS, ATRAVÉS DO EXAME.

ESTE É O PRIMEIRO ESTUDO RADIOLÓGICO PARA AVALIAR DA PRIMEIRA CORRELATOS NEURAIS DA DEPENDÊNCIA ALIMENTAR, COMO NO ÁLCOOL, E OUTRAS (DROGAS) SUBSTÂNCIAS TÓXICAS

A atividade do sistema nervoso central, através de suas redes de neurônios (rede neural), posuem as caracteristicas semelhantes na ativação -como o comportamento alimentar e os padrões de dependência de substância  semelhantes de ativação neural, de acordo com uma nova ressonância magnética funcional (fMRI) efetuada atraves de estudos, levantando a possibilidade de que a atual ênfase na responsabilidade pessoal, como o antídoto potencial para a epidemia de obesidade pode ser equivocada. Depois de avaliar 48 mulheres saudáveis, os investigadores encontraram indícios de que alimentos de um produto desejável levou ao aumento da atividade nas regiões de recompensa do cérebro, incluindo o córtex pré-frontal dorsolateral e do núcleo caudado (que são estruturas cerebrais de grande importância nesta área), ao passo que a resposta à ingestão de alimentos resultou em redução de ativação das regiões inibitória (que deveria se comportar como moderadoras ou até mesmo bloqueadoras destes estimulos alimentares). Essas pesquisas encontraram, resultados mostrando a ativação relacionados à quantidades elevada em regiões do cérebro que estão implicados no desejo e motivação reforçada de uma maneira muito similar ao que você normalmente esperaria ver com a dependência da nicotina ou alcoolismo. As pesquisas notam que, embora estudos anteriores têm demonstrado associação entre obesidade e dependência de substâncias, este estudo é o primeiro a avaliar as correlatos neurais dos comportamentos de vício em comida. Os resultados apóiam a teoria de que o consumo alimentar compulsivo pode ser em parte devido à antecipação das propriedades de maior recompensa do alimento. Além disso, se o consumo de alimentos palatáveis ​​é acompanhada de desinibição dos centros reguladores da fome compulsiva, a atual ênfase na responsabilidade PESSOAL, como o antídoto para o aumento das taxas  do sobrepeso, obesidade, obesidade visceral, intra -  abdominal, central,  pode ter eficácia mínima. Esta é uma espécie de golpe duplo que está acontecendo. Além de um desejo quase obsessivo, que é deflagrada por estímulos alimentares no sistema nervoso central, como através da publicidade ou a pé por uma padaria, na região biológica que abriga a possibilidade de ter a força de vontade para não participar desta situação compulsiva, simplesmente não atua com eficiência nesses momentos dificeis. Isto apenas vem reforçar a necessidade de ajuda profissional, além de temos que fazer uma reflexão no sentido de compreedermos que não é só dietas, exercicios físicos ou estilo de vida, que seram eficazes  para corrigirmos o sobrepeso, obesidade, obesidade visceral, intra - abdominal, central .

AUTORES PROSPECTIVOS

Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia – Neuroendocrinologia
CRM 20611

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologia – Medicina Interna
CRM 28930

Como Saber Mais:

1. O consumo alimentar compulsivo pode ser em parte devido à antecipação das propriedades de maior recompensa do alimento? 
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com 

2. A possibilidade de que a atual ênfase na responsabilidade pessoal, como o antídoto potencial para a obesidade epidemica pode ser equivocada?
http://obesidadeinfantojuvenil.blogspot.com 

3. Temos que fazer uma reflexão no sentido de compreedermos que não é só dietas, exercicios físicos ou estilo de vida, que seram eficazes  para corrigirmos o sobrepeso, obesidade? 
http://obesidadeinfantojuvenil.blogspot.com

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOBRAFICA. 

Referências Bibliográficas: 
Deborah Brauser, Max Wiznitzer, MD, professor associado de pediatria e neurologia na Universidade Case Western Reserve, em Cleveland, Ohio, e  neurologistas do Rainbow Babies e UH's Children Hospital, disse à Medscape Medical News .

 
Contato:
Fones: 55 (11) 5087-440 ou 6197-0305
Nextel: 55 (11) 7717-1257
ID:111*101625
Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com
drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com
vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br



Google Maps: 
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll
=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll
=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

CRÉDITOS RELATIVOS AOS EFEITOS ANABÓLICOS DO HORMÔNIO DE CRESCIMENTO GH, FABRICADO EM QUALQUER LUGAR SEM CRITÉRIO, FALSIFICADOS, NÃO SÉRIOS, OFERECIDOS EM ACADEMIAS A PREÇOS MILAGROSOS, FARMÁCIAS DESONESTAS E MERCADO NEGRO.

Este produto GH é fabricado com alta tecnologia, com critério de temperatura e transporte, e não será uma indústria de fundo de quintal que retribuirá os benefícios de uma perola da pesquisa ou indústria farmacêutica altamente qualificada. 


Aqui veremos as evidências que o hormônio de crescimento

tem efeitos metabólicos em seres humanos adultos. A conclusão é que o hormônio de crescimento tem de fato poderosos efeitos sobre o metabolismo de gorduras e carboidratos, e, em particular promove a utilização metabólica de tecido adiposo triacilglicerol . No entanto, não há nenhuma prova que a rede de retenção de proteína é promovida em adultos, exceto, possivelmente, no tecido conjuntivo. O exagero exacerbado dos efeitos do hormônio de crescimento na construção muscular é efetivamente promoção de seu abuso pelos atletas, que assim, incentivam os homens idosos a se expor a um risco aumentado de doença para pouco benefício. A busca na internet para as palavras "hormônio de crescimento" trará um grande número de respostas, e a maioria destas tem muito pouco a ver com a fisiologia ou farmacologia real do hormônio do crescimento (GH) ou a forma DNA-Recombinante obtida através de engenharia genética – produzida como uma medicação para ser usada na reposição de hormônio do crescimento quando houver sua deficiência. Em vez disso, o resultado da pesquisa irá identificar um grande número de URLs que levam a páginas da web, a maioria das quais promovem o hormônio do crescimento (GH) como se fosse um agente rejuvenescedor para homens e mulheres de meia idade e idosos, ou como um agente de fortalecimento muscular para fisiculturistas e atletas. A ligação entre os dois é a generalizada administração exógena supondo-se de que o hormônio do crescimento (GH) vai promover a construção da massa muscular em adultos. Alguns sites advogam o uso de GH em si. Verdadeiras categorias e preparações farmacêuticas do hormônio do crescimento (GH) humano (HGH) estão disponíveis para a auto-administração após o registro nos Estados Unidos como um paciente em uma das muitas clínicas on-line, ou fazendo uma viagem dos Estados Unidos para o México. O mercado negro do hormônio do crescimento injetável (GH) obtido de cadáveres também é amplamente disponível em comunidades profissionais esportivos com um grande agravante, por serem obtidos de hipófise de cadáveres, podem levar à formação de príons (proteínas) no cérebro levando a óbito. Os sprays nasais (de eficácia duvidosa) estão disponíveis em muitos fornecedores on-line, assim como os suplementos nutricionais reivindicados (sem nenhuma evidência) para causar o anabolismo indiretamente, como um resultado da secreção de hormônio do crescimento GH aumentada. Exemplos das reivindicações feitas são mostradas abaixo: "produto X é um verdadeiro concentrado do
Humano Recombinante Farmacêutica Grade. Infelizmente praticamente tudo o que é de conhecimento humano pode ser industrializado, as pessoas não tem a menor idéia do risco de aquisição de produtos falsificados, principalmente adquiridos em lojas e farmácias desonestas sem critério de honestidade, “academias” de fisiculturismo e ginástica, mercado negro, traficantes e outras fontes abaixo da crítica, a preços milagrosos e com promessas irresponsáveis que poderão levá-lo a morto pura e simplesmente. A solução de hormonal do crescimento (2040 ng / ml.) O produto vem com um sistema de entrega patenteado, que realmente funciona, permitindo a absorção de HGH completamente e a elevação dos níveis de IGF-I e a restauração total de homeostase da glicose. Recentes estudos clínicos de dupla ocultação têm demonstrado um aumento de 30% em nos níveis de IGF-I após apenas um mês de uso com produto X e mais de 110% de aumento depois de apenas seis meses do início de sua utilização. 


AUTORES PROSPECTIVOS 

Dr.João Santos Caio Jr. 

Endocrinologia– Neuroendocrinologista 

CRM20611 

Dra.Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista– Medicina Interna 
CRM28930 

Como Saber Mais:
1 . Aqui veremos as evidências que o hormônio de crescimento
tem efeitos metabólicos em seres humanos adultos...
http://longevidadefutura.blogspot.com

2 . A conclusão é que o hormônio de crescimento tem de fato
poderosos efeitos sobre o metabolismo de gorduras e carboidratos,
e, em particular promove a utilização metabólica de tecido adiposo
triacilglicerol ...
http://hormoniocrescimentoadultos.wordpress.com

3 . Os sprays nasais (de eficácia duvidosa) estão disponíveis em muitos fornecedores on-line...
http://qualidadedevida.blogspot.com/

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.

Referências Bibliográficas: 
Prof. Dr. João Santos Caio Jr diretor científico, dra. Henriqueta Verlangieri Caio, diretora clínica – Van Der Häägen Brazil, São Paulo – Brasil. 2012 - Lewis UJ, Sinha YN, Lewis GP. Structure and properties of members of the hGH family: a review. Endocr J 2000;47(suppl):S1–8. Hymer WC, Kraemer WJ, Nindl BC, et al. Characteristics of circulating growth hormone in women after acute heavy resistance exercise. Am J Physiol Endocrinol Metab 2001;281:E878–87. Rosen CJ. Growth hormone and aging. Endocrine 2000;12:197–201. Czeisler CA, Klerman EB. Circadian and sleep-dependent regulation of hormone release in humans. Recent Prog Horm Res 1999;54:97–130. Ghigo E, Arvat E, Aimaretti G, et al. Diagnostic and therapeutic uses of growth hormone-releasing substances in adult and elderly subjects. Baillieres Clin Endocrinol Metab 1998;12:341–58. Hunter WM, Fonseka CC, Passmore R. Growth hormone: important role in muscular exercise in adults. Science 1965;150:1051–3.

Contato:
Fones: 55(11) 5087-4404 ou 6197-0305
Nextel: 55(11) 7717-1257
ID:111*101625
Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com
drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com
vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/


Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br


Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll
=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll
=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

A MAIORIA DAS CRIANÇAS TEM SEU NÍVEL DE TIREÓIDE VERIFICADO ROTINEIRAMENTE LOGO APÓS O NASCIMENTO. SE ELES APRESENTAM HIPOTIREOIDISMO, O TRATAMENTO COMEÇA IMEDIATAMENTE.

A maioria das crianças tem agora os seus níveis de tireóide verificados rotineiramente logo após o nascimento. Se eles apresentam hipotireoidismo, o tratamento começa imediatamente. Em bebês, como em adultos, o hipotiroidismo pode ser devido a estas causas: Um transtorno da hipófise; A tiróide deficiente; Falta total da glândula. Um hipotireoidismo infantil é invulgarmente inativo e silencioso, a criança tem muito apetite e dorme excessivamente por longos períodos de tempo. Câncer da glândula tireóide é muito raro e ocorre em menos de 10% dos nódulos da tireóide . Você pode ter um ou mais nódulos na tireóide durante vários anos antes que eles se tornem cancerígenos. As pessoas que receberam radiação, tratamento para a cabeça e pescoço mais cedo na vida, tendem a ter uma maior propensão do que o normal para o câncer da tireóide . A American Thyroid Association recomenda que todos os adultos devem ser testados a partir de 35 anos de idade, com intervalos de 5 anos. Os adultos mais velhos, especialmente as mulheres com mais de 60 anos, aquelas com história familiar de hipotireoidismo, e aquelas que têm a doença de Addison , artrite reumatóide , anemia perniciosa , ou diabetes tipo 1 também devem ser testadas, de acordo com estas recomendações. A Força-Tarefa Preventiva de Serviços nos EUA não faz nenhuma recomendação a favor ou contra triagem da tireóide para as pessoas que não têm sintomas de hipotireoidismo. A declaração indica que não existe evidência suficiente para justificar o rastreamento. Outro grupo de especialistas de diversas especialidades médicas recomenda contra o rasteio generalizado. Mas esses profissionais de saúde dizem que se você for de alto risco, você pode querer ser rastreado. Aqueles com alto risco incluem mulheres com mais de 60 anos de idade e pessoas que têm diabetes tipo 1 ou outras doenças auto-imunes . Converse com seu médico endocrinologista ou neuroendocrinologista sobre se deve ou não ser rastreado.


AUTORES PROSPECTIVOS 

Dr.João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia– Neuroendocrinologista 
CRM20611 

Dra.Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista– Medicina Interna 
CRM28930 

Como Saber Mais:
1 .
Em bebês, como em adultos, o hipotiroidismo pode ser devido a estas causas: Um transtorno da hipófise; A tiróide deficiente; Falta total da glândula...
http://querocrescer2.blogspot.com

2 .
Câncer da glândula tireóide é muito raro e ocorre em menos de 10% dos nódulos da tireóide...
http://longevidadefutura.blogspot.com

3 .
A American Thyroid Association recomenda que todos os adultos devem ser testados a partir de 35 anos de idade, com intervalos de 5 anos...
http://hipotireoidismosubclinico2.blogspot.com/ 

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.


Referências Bibliográficas:
Prof. Dr. João Santos Caio Jr diretor científico, dra. Henriqueta Verlangieri Caio, diretora clínica – Van Der Häägen Brazil, São Paulo – Brasil.
R Rapaport , Cook DM; Divisão de Endocrinologia Pediátrica e Diabetes, Mount Sinai School of Medicine, Nova Iorque, Nova Iorque. David B. Allen , MDDepartamento de Pediatria, Universidade de Hospital Infantil de Wisconsin, Madison, Wisconsin.


Contato:
Fones: 55(11) 5087-4404 ou 6197-0305
Nextel: 55(11) 7717-1257
ID:111*101625
Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com
drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com
vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/


Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br


Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll
=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll
=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: GORDURA MARRON ADIPOSA, ALTAMENTE ENERGÉTICA, COM VOLUME SIGNIFICATIVAMENTE MENOR QUE A GORDURA BRANCA, E POSSUE CELULAS TROCOS QUE EVENTUALMENTE A CURTO PRAZO PODERÁ SER UMA DAS TERAPEUTICAS PARA OBESOS COMUNS.

O órgão adiposo marrom tem a capacidade de consumir energia, produzindo calor para defender o organismo contra um ambiente frio, e este fato, é facilmente verificável em animais que hibernam ou são animais que efetuam grandes trajetos migratórios. Entretanto, o ser humano também possui orgão adiposo marrom, principalmente crianças recém nascidas, adolescentes e em adultos localizados na região lombar. Se considerarmos em ordem de quantidade dessa substância miraculosa, a maior quantidade ocorre em recém nascidos. Vários estudos têm mostrado que o tecido metabolicamente ativo adiposo marrom está presente em quantidades notáveis em adultos saudáveis. 
Tais estudos confirmam que é possível através de células tronco do órgão adiposo marrom, serem transformadas em terapêutica para obesos substituindo a gordura branca, isto porque, a gordura branca possui um grande volume, provocando um aspecto de shape pessoal desproporcional biotipicamente em se considerando a média das pessoas normais ou com o corpo proporcional. A presença de tecido adiposo marrom nos adultos é inversamente correlacionada com o IMC – índice de massa corporal e os percentuais de tecido adiposo tecido do corpo, em outras palavras, as pessoas que possuem grandes quantidades de tecido metabolicamente ativo adiposo marrom, são magras e eventualmente pode ter até mais 
IMC - índice de massa corporal, mas uma quantidade concentrada energética incrível o que lhes dá uma quantidade de saúde incrivelmente aumentada e uma ótima saúde. Medicamentos destinados à expansão e / ou ativação do tecido adiposo marrom são de possível interesse para o tratamento da obesidade e das doenças relacionadas à obesidade como diabetes mellitus tipo 2. 


AUTORES PROSPECTIVOS


Dr.João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia– Neuroendocrinologista 
CRM20611 

Dra.Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista– Medicina Interna 
CRM28930

Como Saber Mais:
1. O órgão adiposo marrom tem a capacidade de consumir energia, produzindo calor para defender o organismo contra um ambiente frio...
http://serobesonao.blogspot.com

2 Facilmente verificável em animais que hibernam ou são animais que efetuam grandes trajetos migratórios...
http://longevidadefutura.blogspot.com

3. Entretanto o ser humano também possui órgão adiposo marrom, principalmente crianças recém nascidas, adolescentes e em adultos localizados na região lombar...
http://prevenirgorduraelevada.blogspot.com/ 

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.

Referências Bibliográficas:
Prof. Dr.João Santos Caio Jr, Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Dra. Henriqueta Verlangieri Caio, Endocrinologista, Medicina Interna-Van DerHäägen Brazil – São Paulo –Brasil, Ahima RS, Flier JS. Adipose tissue as an endocrine organ. Trends Endocrinol Metab 2000;11:327-32. Pénicaud L, Cousin B, Leloup C, Lorsignol A, Casteilla L. The autonomic nervous system, adipose tissue plasticity, and energy balance. Nutrition 2000;16:903-8. Kreier F, Fliers E, Voshol PJ, van Eden CG, Havekes LM, Kalsbeek A, et al. Selective parasympathetic innervation of subcutaneous and intra-abdominal fat – functional implications. J Clin Invest 2002;110:1243-50. Pond C. Ecology of storage and allocation of resources: animals. Encyclopedia of Life Sciences 2001;1-5. Cannon B, Nedergaard J. Brown adipose tissue: function and physiological significance. Physiol Rev 2004; 84:277-359. Curi R, Pompéia C, Miyasaka CK, Procópio J. Entendendo a gordura. Os ácidos graxos. São Paulo: Manole; 2002. p.163-72. Fruhbeck G, Gomez-Ambrosi J, Muruzabal FJ, Burrell MA. The adipocyte: a model for integration of endocrine and metabolic signaling in energy metabolism regulation. Am J Physiol Endocrinol Metab 2001;280: E827-47. Zhang Y, Proença R, Maffei M, Barone M, Leopold L, Friedman JM. Positional cloning of the mouse obese gene and its human homologue. Nature 1994;372:425-32. 

Contato:
Fones: 55(11) 5087-4404 ou 6197-0305
Nextel: 55(11) 7717-1257
ID:111*101625
Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com
drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com
vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/


Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br 


Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll
=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll
=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

ENDOCRINOLOGIA - NEUROENDOCRINOLOGIA: OS PROCESSOS QUE COMPROMETEM AS ARTICULAÇÕES DESDE A FASE INFANTO JUVENIL ATÉ ADULTA.

A artrite é um processo inflamatório que se manifesta nas articulações, tendo como consequência, alguns sinais e sintomas (inchaço nas articulações, rigidez, dor, calor local) decorrentes de lesões articulares. A palavra artrite significa literalmente inflamação da articulação, mas frequentemente é utilizada para se referir a um grupo de mais de 100 doenças reumáticas que podem causar dor, enrijecimento e edema das articulações. Estas doenças podem afetar não somente as articulações mas também outras partes do corpo, incluindo estruturas tão importantes como músculos, tendões, ossos, ligamentos e diversos órgãos internos. A artrite apresenta diferentes fatores desencadeantes (efeito gatilho causas). É mais frequente em mulheres e costuma iniciar-se entre 30 e 50 anos de idade, mas compromete também homens e crianças. Para que se desenvolva a doença, são necessárias algumas combinações de defeitos genéticos e a presença de um ou mais estímulos externos, o que faz com que a incidência em familiares de pacientes com Artrite Reumatoide (AR) não seja grande. 
A dor da artrite decorre de diferentes fatores, dentre eles: inflamação da membrana sinovial, dos tendões, dos ligamentos, das fibras musculares, e fadiga. 
A combinação destes fatores contribui para a intensidade da dor. A intensidade da dor na artrite varia grandemente de indivíduo para indivíduo. Cada pessoa possui um limiar diferente para a dor, o que depende de aspectos físicos e emocionais – depressão, ansiedade, e até mesmo hipersensibilidade nos locais afetados pela artrite relevantes. A artrose relevante é um processo degenerativo de desgaste da cartilagem, que afeta sobretudo as articulações que suportam peso ou as que fazem movimentos em excesso, como por exemplo as cadeiras-articulação coxo-femoral, os joelhos ou os pés. A endocrinologia e neuroendocrinologia, são áreas em que ao interferir positivamente na fisiologia biotípica do indivíduo, pode ajudar de forma relevante minorar a sequência degenerativa das articulações que suportam o peso, sobrepeso, obesidade ou obesidade visceral e intra-abdominal. Esses fatos nos impelem a termos mais cuidados com nossas articulações, que se não tomarmos ações preventivas e limitantes para nosso organismo, e podem nos incapacitar.
AUTORES PROSPECTIVOS 

Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia – Neuroendocrinologista 
CRM 20611 

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 28930


Como Saber Mais:

1. O consumo alimentar compulsivo pode ser em parte devido à antecipação das propriedades de maior recompensa do alimento? 
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com

 
2. A possibilidade de que a atual ênfase na responsabilidade pessoal, como o antídoto potencial para a obesidade epidemica pode ser equivocada?
http://obesidadeinfantojuvenil.blogspot.com 

3. Temos que fazer uma reflexão no sentido de compreedermos que não é só dietas, exercicios físicos ou estilo de vida, que seram eficazes  para corrigirmos o sobrepeso, obesidade? 
http://obesidadeinfantojuvenil.blogspot.com


AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOBRAFICA. 


Referências Bibliográficas:
Dr. João Santos Caio Jr, Dra.Henriqueta Verlangieri Caio –Van Der Häägen Brazil – São Paulo – Brasil. 2011  ,  Nuñez M, Nuñez E, Segur JM, Macule F, Quinto L, Hernandez MV, et al. The effect of an educational program to improve, health-related quality of life in patients withosteoarthritis on waiting list for total kneer e p l a c e m e n t : a  r a n d o m i z e d  s t u d y. Osteoarthritis Cartilage 2006;14:279-85. Moseley JB, O’Malley K, Petersen NJ, Menke TJ, Brody BA, Kuykendall DH, et al. A controlled trial of arthroscopic surgery for osteoarthritis of the knee. N Engl J Med 2002;347:81-8. Stukenborg-Colsman C, Wirth CJ, LazovicWD, Wefer A. High tibial osteotomy versus, unicompartimental joint replacement in, unicompartmental knee joint osteoarthritis. 7-10-year follow-up prospective randomised,study. Knee 2001;8:187-94. 


Contato:
Fones: 55 (11) 5087-440 ou 6197-0305
Nextel: 55 (11) 7717-1257
ID:111*101625
Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com
drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com
vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com


Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/


Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br